Como está a sua balança de Satisfação no Trabalho?

A pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva entrevistou 1019 de Brasileiros e revelou que 56% dos trabalhadores formais está instatisfeitos com o trabalho.

.

A Conference Board publicou o resultado de uma pesquisa similar, aplicado à 1500 norte-americanos, mas que para além de medir a satisfação buscou elencar quais os itens que mais contribuem para que ela ocorra. Por lá, 51% dos trabalhadores indicam estar satisfeitos com seu trabalho. Do lado positivo da escala, os três principais componentes que contribuem para a satisfação são: as Pessoas no Trabalho, Tempo de Deslocamento para o Trabalho e Interesse no Trabalho. Já do outro lado, o que precisa ser urgentemente revisto são: Plano de Carreira oferecido pelas organizações (ou melhor, a falta de um), Política de Benefícios e Processo de Feedback.

Principalmente em tempos de crises, é preciso se reinventar como profissional e fazer a auto-gestão de sua carreira. Empreender ou ter uma carreira remota trabalhando para outros países podem ser caminhos mais interessantes do que aceitar um trabalho que irá lhe causar adoecimento.

Fredy Machado relata um pouco sobre sua pesquisa de satisfação com o trabalho em seu livro “É possível se reinventar e integrar a vida pessoal e profissional”. Para o autor da pesquisa, o descontentamento é provocado por uma série de motivos. O principal deles é a definição da profissão muito cedo ou através de imposição dos pais.

E você? Se sente satisfeito em seu trabalho?

Quais os itens que que fazem sua resposta pesar mais para o “sim” e para o “não”?

 

Referências

http://g1.globo.com/economia/blog/thais-heredia/post/56-dos-trabalhadores-formais-estao-insatisfeitos-com-o-trabalho-revela-pesquisa.html

https://www.conference-board.org/press/pressdetail.cfm?pressid=7528

Voltar